Full width home advertisement

Analise ao Vivo My Hero Academia 336

Post Page Advertisement [Top]

25TH TEZUKA OSAMU CULTURAL PRIZE ANUNCIA VENCEDORES

25TH TEZUKA OSAMU CULTURAL PRIZE ANUNCIA VENCEDORES

 24rd Tezuka Osamu Cultural Prize anuncia Vencedores

Na quarta-feira (28 de abril de 2021), o jornal Asahi Shimbun anunciou os vencedores para a 25ª edição dos Tezuka Osamu Cultural Prize Awards.

Os galardões comemoram as contribuições do pioneiro mangaka Osamu Tezuka (Astro Boy/Mighty Atom, Kimba the White Lion/Jungle Emperor, Phoenix, Black Jack) ao reconhecer os manga que melhor seguem a sua tradição.


Grande Prêmio:


Land

Título em Inglês: — —
Autor: Kazumi Yamashita
Editora: Tokuma Shoten
Licença em Inglês: — —

 

A história decorre numa Terra (‘Land’) onde a morte leva todos aqueles que atingem os 50 anos. An, a mais velha de duas irmãs gémeas, era ainda um bebé quando foi oferecida como sacrifício nas montanhas pelos oficiais sacerdotais da sua vila. Através deste costume de mandar pessoas para o Outro Mundo, a vila permanece protegida pelos deuses.

 

 

 

 

Prêmio Novo Criador:


“Sousou no Frieren” por Kanehito Yamada e Abetsukasa

Sousou no Frieren

Título em Inglês: Beyond Journey’s End
Autor: Kanehito Yamada (História) e Tsukasa Abe (Arte)
Editora: Shogakukan
Licença em Inglês: Viz Media

 

Para a imortal elfo Frieren, as aventuras terminaram. Agora uma nova aventura começa: perceber o que fazer com o resto da sua vida!

 

 

 

 

 

 

 

Prêmio Obra Curta:


“Kieta Mama Tomo” e “Tsuma wa Kuchi o Kiite Kuremasen”

Título em Inglês: — —
Autor: Hiroko Nobara
Editora: Kadokawa
Licença em Inglês: — —

 

“Kieta Mama Tomo” centra-se num grupo de mães que se ficam a conhecer no jardim-de-infância dos seus filhos e tornam-se amigas. Uma delas, Yuki, está felizmente casa e vive com o seu marido, filho e sogra, mas um dia deixa de vir ao jardim-de-infância. Rumores começam a espalhar-se que ela havia tido um caso e as suas amigas apercebem-se que de facto não a conhecem assim tão bem.

 

“Tsuma wa Kuchi o Kiite Kuremasen” centra-se numa família de quatro: marido, esposa, filho e filha. Um dia, a esposa começa a não falar excepto o mínimo dos mínimos e o marido dá voltas à cabeça para perceber o porquê.

 


O comité atribuiu ainda o Prémio Especial a Kimetsu no Yaiba de Koyoharu Gotouge.

E, falando em Kimetsu no Yaiba:

O jornal Asahi Shimbun agendou uma cerimônia de entrega de prêmios, em Tóquio, no dia 3 de junho de 2021. O vencedor do Grande Prêmio receberá uma estátua de bronze e 2 milhões de ienes (cerca de 17 mil euros), enquanto os outros vencedores terão direito também a uma estátua de bronze e a 1 milhão de ienes (cerca de 8 mil euros).

 

O comité deste ano – constituído por Osamu Akimoto (mangaka), Machiko Satonaka (mangaka), Kazuki Sakuraba (autor), Minami Takahashi (entertainer), Yukiko Tomiyama (escritor e instrutor na Universidade de Arte e Design de Tohoku), Shōhei Chūjō (professor e estudioso), Nobunaga Minami (crítico manga), Taro Yabe (comediante e mangaka), Katsu Tsunoda (executivo e editor do Asahi Shimbun) e Tomoko Kochi (líder da secção Cultura e Vida do escritório de Tóquio do Asahi Shinbun) – selecionou os nomeados através de títulos recomendados por especialistas e funcionários de livrarias. Para ser elegível, o manga teve que ter um volume compilado publicado em 2020.

 

No ano passado, estiveram nomeados 8 títulos, tendo o Grand Prize sido atribuído a Nyx no Lantern, de Kan Takahama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]