Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

KIMETSU NO YAIBA E EARWIG AND THE WITCH ENTRE OS ELEGÍVEIS PARA ÓSCAR DE MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

KIMETSU NO YAIBA E EARWIG AND THE WITCH ENTRE OS ELEGÍVEIS PARA ÓSCAR DE MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

 

Os nomeados para os Óscares serão anunciados a 15 de Março e a cerimônia terá lugar dia 25 de Abril.


 

A Academia Norte-Americana de Artes e Ciências Cinematográficas confirmou recentemente que os seguinte filmes de anime estão entre as obras em consideração para a lista de nomeados da 93ª edição dos Óscares:

  • Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba – The Movie: Mugen Train, de Haruo Sotozaki e baseado no manga de Koyoharu Gotouge, produzido pelos estúdios ufotable;
  • Earwig and the Witch, primeiro filme em 3D dos Estúdio Ghibli, realizado por Gōro Miyazaki e baseado no romance homónimo de Diana Wynne Jones;
  • Lupin III THE FIRST, de Tamashi Yamazaki, baseado na série manga de Monkey Punch, com produção conjunta da TMS Entertainment e da Marza Animation Planet;
  • ON-GAKU: Our Sound, de Kenji Iwaisawa, inspirado no manga Ongaku to Manga de Hiroyuki Ōhashi;
  • Ride Your Wave, original de Masaaki Yuasa e dos estúdios Science SARU;
  • Os Gatos Também Choram (A Whisker Away), original de Junichi Sato e Tomotaka Shibayama, produzido pela Studio Colorido.


Kimetsu no Yaiba e Earwig and the Witch entre os Elegíveis para Óscar de Melhor Filme de Animação

Kimetsu no Yaiba e Earwig and the Witch entre os Elegíveis para Óscar de Melhor Filme de Animação

 

Até cinco filmes da lista completa de obras elegíveis podem ser nomeadas para a categoria de Melhor Longa-Metragem de Animação. A Academia irá anunciar os nomeados no próximo dia 15 e a 95ª edição dos Óscares terá lugar no dia 25 de Abril, duas semanas depois da data inicial, por causa das restrições derivadas da atual pandemia.

O colunista Scott Feinberg, do The Hollywood Reporter, revelou as suas previsões para a categoria, tendo considerado Earwig and the Witch como uma “grande ameaça” face aos favoritos e afirmado que as japonesas Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba – The Movie: Mugen Train, Lupin III THE FIRST e ON-GAKU: Our Sound também podem ter as possibilidades dentro da corrida ao galardão. No entanto, Feinberg não incluiu nenhum destes títulos entre os seus favoritos pessoais.
Na temporada de prémios em curso, as longas-metragens de animação que mais troféus têm acumulados são Soul: Uma Aventura com Alma, produzida pelos estúdios Pixar e realizada por Pete Docter, além de Wolfwalkers, uma produção dos estúdios europeus Cartoon Saloon e Mélusine, de Tomm Moore e Ross Stewart.

Em 2020, um número recorde de filmes de animação (32) candidatou-se aos prémios, nos quais se incluíam as obras japonesas:

  • Children of the Sea (Kaijuu no Kodomo, uma produção Studio 4ºC), de Ayumu Watanabe;
  • Okko’s Inn (Wakaokami wa Shougakusei!, produzida pelos estúdios Madhouse e DLE), de Kitaro Kousaka;
  • Promare (Trigger), de Hiroyuki Imaishi;
  • O Tempo Contigo (Tenki no Ko, produzida pela CoMix Wave Films), de Makoto Shinkai, que fora escolhida para representar o Japão na corrida ao Óscar de Melhor Filme Internacional.

Contudo, nenhum destes filmes obteve nomeações.

 

De recordar que em 2019 a Academia alterou as regras de elegibilidade para o galardão de Melhor Filme Animado, pondo fim à obrigatoriedade de haver um mínimo de oito filmes animados a estrear nos cinemas dos EUA num espaço de doze meses para ativar a categoria. Adicionalmente, a votação para os nomeados ficou aberta automaticamente para os membros da Academia especializados tanto em longas como curtas-metragens animadas, tendo os membros e profissionais noutras áreas de se inscrever para poder participar com o seu voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]