Full width home advertisement

Analise ao Vivo My Hero Academia 335

Post Page Advertisement [Top]

SUSPEITO DE INCÊNDIO DA KYOTO ANIMATION FOI OFICIALMENTE ACUSADO

SUSPEITO DE INCÊNDIO DA KYOTO ANIMATION FOI OFICIALMENTE ACUSADO

 Incêncio Kyoto Animation - Número de Vítimas sobe para 36

Segundo um dos maiores diários japoneses, os médicos especialistas terão considerado que o homem está mentalmente apto para ir a julgamento.


 

No passado dia 16 de Dezembro de 2020, o homem de 42 anos detido pela suspeita de ter iniciado o incêndio no edifício Studio 1 dos estúdios de animação Kyoto Animation de Julho de 2019, no qual morreram 36 pessoas e 33 ficaram feridas, foi formalmente acusado pela polícia japonesa. Os procuradores acusaram o arguido dos crimes de homicídio, homicídio na forma tentada, fogo posto, invasão de propriedade e violação da lei de porte de armas de fogo e espadas.

O diário Mainichi Shimbun revelou que os especialistas médicos terão considerado o suspeito apto para ir a tribunal e ser responsabilizado pelo ataque. Já o jornal Asahi Shimbun havia afirmado anteriormente que a procuradoria-geral da prefeitura de Quioto iria tomar uma decisão final após “reunir-se com os procuradores-gerais superiores”.

 

Suspeito de Incêndio da Kyoto Animation foi Oficialmente Acusado

Incêncio Kyoto Animation - Número de Vítimas sobe para 36

Suspeito de Incêndio da Kyoto Animation foi Oficialmente Acusado

 

O suspeito só ficou sob custódia da polícia no final de Maio de 2020, dez meses depois do incêndio. Após escutar a opinião de vários médicos, a polícia tinha decidido adiar a prisão do homem até este ficar completamente curado das queimaduras graves sofridas no incidente, a fim de poder ser escutado e incluído na investigação. Consta que o suspeito não negou a autoria dos crimes e afirmou: “Pensei que seria capaz de matar muitas pessoas se usasse gasolina”.

De acordo com relatórios policiais, o suspeito tinha alegado que a Kyoto Animation lhe “roubara” a sua light novel. A polícia descobriu que o homem havia, de facto, enviado vários trabalhos aos estúdios, mas a Kyoto Animation nega ter usado qualquer das histórias num dos seus anime. Fontes de investigação também relataram não ter encontrado semelhanças entre os projetos de animação dos estúdios e os trabalhos da autoria do suspeito.

Foi no dia 18 de Julho de 2019 que deflagrou o incêndio devastador que destruiu uma parte importante do Studio 1 da Kyoto Animation e pôs em risco a vida de cerca de 70 pessoas que se encontravam no interior do edifício na altura do incidente. Entre as vítimas e os feridos contaram-se trabalhadores da Kyoto Animation e um indivíduo alheio ao estúdio que sofreu ferimentos ligeiros por inalação de fumo enquanto se deslocava para o seu local de trabalho.

A Polícia da Prefeitura de Quioto deteve o suspeito, Shinji Aoba, então com 41 anos, e continua a investigá-lo como incendiário. Alegadamente, o homem terá comprado dois jerricans de gasolina com um volume combinado de 40 litros e usado um carrinho de compras para os transportar para o lugar onde atearia o fogo. Foi capturado pela polícia a cem metros do local do ateamento, tendo de imediato confessado o crime.

Os trabalhos de demolição do edifício Studio 1 foram concluídos em 28 de Abril de 2020. O estúdio recomeçou a recrutar trabalhadores em Julho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]