Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

ARMS – ESTÚDIO DE ELFEN LIED DECLARA INSOLVÊNCIA!

ARMS – ESTÚDIO DE ELFEN LIED DECLARA INSOLVÊNCIA!
ARMS - Estúdio de Elfen Lied declara insolvência

Esta terça-feira (4 de agosto de 2020), a empresa de investigação de crédito Tokyo Shoko Research (TSR) reportou que a Common Sense Co., Ltd. (Common Sense), anteriormente conhecida como Arms Co., Ltd. (Arms Corporation), declarou insolvência. A empresa recebeu uma ordem especial de liquidação do Tribunal Distrital de Tokyo, a 22 de julho. A dívida acumulada pela empresa está atualmente sob investigação.

No ano fiscal que terminou em junho de 2009, a Arms viu uma receita líquida de 390 milhões de yen (aproximadamente 3.1 milhões de euros) com o sucesso da franquia Ikkitousen. Contudo, pouco tempo depois, as vendas começaram a cair. Por altura do ano fiscal que conclui em junho de 2011, o estúdio experienciou um prejuízo líquido de 260 milhões de yen (aproximadamente 2.07 milhões de euros).

Após uma reunião de acionistas a 31 de maio (2020), a empresa iniciou os procedimentos de liquidação especial. À data da liquidaçãoArms Corporation detinha um capital de 3 milhões de yen (aproximadamente 24 mil euros).

 

ARMS – Estúdio de Elfen Lied declara insolvência!

ARMS - Estúdio de Elfen Lied declara insolvência

ARMS – Estúdio de Elfen Lied declara insolvência!

Imagem via MyAnimeList (Facebook)

 

Arms foi fundada em 1996 como subproduto e afiliada do Studio Kikan (posteriormente Pierrot Plus e agora Studio Signpost), com Osamu Shimizu (produtor de animação em Tegami Bachi) enquanto seu representativo. A empresa/estúdio foi inicialmente estabelecida para produzir animação para adultos e tratar de produções de subcontratação do Studio Pierrot. Inicialmente, enquanto trabalhava em títulos com as marcas de animação para adultos Pink Pineapple e Green Bunny, o estúdio usou pseudónimos, tais como Dandelion, Triple X e Garyuu Studio.

Com as fracas vendas de títulos para adultos e um mercado emergente para projectos em televisão, a estúdio Arms produziu a sua primeira série animeMezzo DSA, em 2004. Em 2005, o estúdio lançou o anime para adultos Hininden: Gauss, o qual apresentava design de personagens e conceito original pelo animador Rinshin (Queen’s Blade). Contudo, as vendas não aumentaram como tinha acontecido com projectos originais, o que resultou no abandono de uma sequela para o anime. Desde então, a Arms deixou de produzir animação para adultos.

De 2015 em diante, os estúdio participou, primariamente, em produções televisivas com o estúdio Genco, incluindo Valkyrie Drive: Mermaid, Queen’s Blade: Grimoire e Ikkitousen: Western Wolves. Adicionalmente, a Arms começou a aceitar, activamente, projectos de subcontratação de outros estúdios de animação. Em agosto de 2017, mudou o seu nome oficial para Common Sense, à medida que começava a reduzir as suas operações negociais.

 


O estúdio Arms é talvez mais conhecido pela produção de tais anime como: Elfen Lied, Genshiken 2Maoyuu Maou Yuusha (Maoyu: Archenemy & Hero), Hagure Yuusha no Aesthetica (Aesthetica of a Rogue Hero), Gokukoku no Brynhildr (Brynhildr in the Darkness) e Wizard Barristers: Benmashi Cecil(Wizard Barristers).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]