Full width home advertisement

Review

Curiosidades

Post Page Advertisement [Top]

SPIRITED AWAY CHEGA À CHINA 18 ANOS APÓS O LANÇAMENTO

SPIRITED AWAY CHEGA À CHINA 18 ANOS APÓS O LANÇAMENTO
Spirited Away chega à China 18 anos após o Lançamento
O filme “Spirited Away” de Hayao Miyazaki, um clássico de anime que ganhou um Óscar e bateu recordes de bilheteira, vai finalmente estrear no dia 21 de junho nos cinemas chineses, 18 anos depois do seu lançamento no Japão.

Spirited Away chega à China 18 anos após o Lançamento

Filmes Ghibli no Museu do Oriente | Entrada Gratuita

O lançamento segue-se ao também à estreia do conhecido “My Neighbor Totoro” de Miyazaki na China, em dezembro do ano passado. Esta foi a primeira produção do Studio Ghibli a ter um lançamento oficial na China.
“My Neighbor Totoro” conseguiu mais de (cerca de) 22 milhões de euros no país, cerca de 30 anos depois de ter sido estreado no Japão. O diretor Miyazaki possui legiões de fãs na China, que predominantemente conhecem o seu trabalho através de DVDs pirateados e downloads.
O filme “Spirited Away” (Sen to Chihiro no Kamikakushi), que venceu o Óscar de melhor longa-metragem de animação em 2003, deve superar o “My Neighbor Totoro”. “Spirited Away” foi lançado em 2001 no Japão e ainda detém o recorde de bilheteira de todos os tempos, com cerca de 242 milhões de euros, ficando à frente de “Titanic”.
Em 2017, o filme de Makoto Shinkai, “Your Name”, tornou-se o anime com a maior bilheteira do mundo, tendo este valor sido acumulado em grande parte pelos cerca de 73 milhões de euros que recebeu na China.


Todos os filmes estrangeiros exibidos na China têm de obter a aprovação do governo. O lançamento de “Spirited Away” é um sinal de que as relações entre a China e o Japão estão a começar a descongelar após longos períodos de tensão. O presidente chinês, Xi Jinping, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, realizaram conversações bilaterais em eventos internacionais nos últimos dois anos. Para além disso, o líder chinês estará em Osaka, em junho, para a cúpula económica ‘G20’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]